by
  • A QTEL é uma empresa de formação e consultoria com 21 anos de experiência, sendo certificada pela DGERT.
  • Conte com a QTEL para levar a sua organização a outro nível quer se encontre em Portugal ou no estrangeiro.
  • “O melhor retorno que temos vem do valor que acrescentamos aos nossos clientes”, Eng.º Moitinho de Almeida.

Centenário de Peter Drucker

Prestamos hoje homenagem a Peter Drucker, considerado “pai da gestão” pela maioria dos/as estudiosos/as desta matéria, título que sempre recusou. Nascido a 19 de Novembro de 1909 e falecido em 2005 comemoraram-se agora em todo o mundo os cem anos do seu nascimento.

Numa época em que grande parte da população mundial sofre as consequências da conduta irresponsável de numerosos executivos que puseram a ambição acima dos interesses das suas sociedades, importa referir que já na década de 80 Drucker alertava para o alto preço que as empresas teriam de suportar pelo facto de permitirem pagamentos indiscriminados aos executivos e de terem esquemas compensatórios conducentes a comportamentos de risco e a pensar apenas no curto prazo.

Rosabeth Moss Kanter, um dos nomes mais destacados da gestão, num artigo recente na Harvard Business Review sobre o que diria hoje Drucker escreveu:

  • auto-regulem-se para evitar sobreregulação governamental;
  • unam-se para reformar os sistemas de compensação;
  • profissionalizem os conselhos de administração;
  • pensem para lá da soberania se quiserem resolver os problemas ambientais.

E a mesma autora acrescenta:

“Peter Drucker antecipou tantas tendências que os seus óculos pareciam conter bolas de cristal. Décadas antes de serem vislumbráveis, identificou tendências, como a chegada dos trabalhadores do conhecimento; a importância das organizações sem fins lucrativos; a missão das empresas; ou o poder crescente dos fundos de pensões, do empreendedorismo e da inovação.”

O livro Inovação e Gestão (Innovation Management) de Peter Drucker foi talvez o primeiro livro a  sensibilizar uma larga camada de portugueses/as para a importância da inovação, cujo conceito não considerava limitado ao produto e ao serviço, estendendo-se a tudo quanto pode ter lugar numa organização. De certo modo, se bem que um pouco tarde, a 3ª ed. do Manual de Oslo e a nossa norma NP4457:9007 também já vêem a inovação segundo essa perspectiva, ao considerarem também a inovação organizacional e de marketing.

Eis algumas ideias de Drucker acerca da inovação:

  • os/as inovadores/as devem procurar descobrir as necessidades ocultas ainda não identificadas em pesquisas de mercado;
  • nunca inove para o futuro, isso é oratória romântica; inove para o presente;
  • a inovação nunca sai como a planeámos; o mercado e os clientes é que ditam o sucesso daquilo que nem sequer nos passava pela cabeça;
  • o/a inovador/a minimiza os riscos, não os maximiza. O/a inovador/a não se orienta para o risco, mas para a oportunidade.

Drucker atribuiu uma importância relevante às organizações sem fins lucrativos, sobre as quais escreveu Managing the Non-Profit Organization: Principles and Practices. Para ele, o negócio podia aprender muito com estas organizações relativamente a formas de motivação para além do bottom line financeiro.

À semelhança de Deming e Juran os dois “gurus” da Qualidade, infelizmente já não entre nós, as ideias de Drucker não podem ser resumidas a um catálogo de afirmações, importando, isso sim, a sua vivência quotidiana. É esta vivência que esperamos de todos vós, leitores amigos.


Eng.º Moitinho de Almeida

Dezembro de 2009

 

Mais perto de si

Morada: Rua das Amendoeiras, nº27, 3º Esq.

C.P.: 2775-641-Carcavelos

Tel: 938758161 Fax: 214570388

Website: www.qtel.pt E-mail: geral@qtel.pt

Peça já a sua proposta!

Caso pretenda implementar um projecto de formação e/ou consultoria à medida das necessidades da sua organização, não hesite em pedir-nos uma proposta através do e-mail geral@qtel.pt. Teremos todo o gosta em colaborar consigo!